Yasuda Marítima lança novos Seguros Transporte voltados aos pequenos embarcadores e transportadores de carga

A Yasuda Marítima, empresa do Grupo Sompo Holdings – um dos maiores grupos seguradores do mundo – acaba de lançar dois novos produtos para atender à crescente demanda dos corretores de seguros, embarcadores e transportadores rodoviários de cargas que precisam, cada vez mais, de agilidade para liberar o transporte, sem ter de dedicar muito tempo na negociação do seguro.

Com o Yasuda Marítima Siga Bem Seguro – Transportador e o Yasuda Marítima Siga Bem Seguro – Embarcador, o mercado de logística e transporte rodoviário de carga conta com novas opções de produto, agilidade no processo de cotações, além de preços competitivos, sistema de gerenciamento de risco customizado, abrangência, agilidade na emissão de apólices e contas mensais, estrutura própria de regulação e liquidação de sinistros, rapidez no pagamento de sinistros e uma Central de Atendimento própria para rápido atendimento, entre outras vantagens.

Siga Bem Seguro – Transportador Rodoviário de Carga

É um seguro de RCTR-C (Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário de Cargas) e de RCF-DC (Responsabilidade Civil Facultativa Desvio de Carga) que contempla o transportador rodoviário com movimentação anual de até R$ 500 milhões; ampla abrangência de mercadoria específica e prêmio mínimo variável conforme Limite Máximo de Garantia. Isso ajuda ao transportador que num mês em que transportou um volume menor de cargas, pague um prêmio de seguro de menor valor também.

O RCTR-C é o seguro que garante ao transportador rodoviário o reembolso do valor da carga a que terá de indenizar ao embarcador (dono da carga), caso ocorra danos à carga durante o transporte, um acidente rodoviário, a exemplo de colisão, tombamento, abalroamento (choque violento com objeto ou veículo), capotagem, incêndio ou explosão.

Já o RCF-DC é aquele que garante eventuais riscos por conta do roubo de cargas transportadas. Esse seguro contempla o furto, o roubo por ameaça grave ou violenta (extorsão ou sequestro do motorista); além do chamado desaparecimento de carga (quando o veículo – caminhão, carreta, bi-trem, treminhão etc – é levado).

Yasuda Marítima Siga Bem Seguro – Embarcador

É um Seguro de Transporte Nacional destinado a embarcadores (donos de mercadorias) que tenham movimentação anual de produtos de até R$ 200 milhões. Entre as vantagens estão a Apólice Anual Ajustável, na qual o seguro é contratado anualmente, com o prêmio calculado tendo como base a estimativa anual de embarques; taxas diferenciadas com base na movimentação e concessão de DDR – Dispensa de Direito de Regresso parcial, que é quando o embarcador concede isenção ao transportador no regresso, com exceção das cláusulas previstas no seguro obrigatório de RCTR-C.

Gerenciamento de Risco

Um fator importante é que para o Siga Bem Seguro, a Yasuda Marítima desenvolveu um modelo em que são negociados preços especiais de Gerenciamento de Risco. Dessa forma, o cliente passa a contar com um modelo de produto que alia o seguro ao serviço de gerenciamento. Dessa forma, tanto Transportador quanto Embarcador passam a contar com menor custo, mais agilidade e segurança na aceitação do seguro. Com as condições de gerenciamento de risco já estipuladas na subscrição pelo modelo integrado, o segurado também conta com mais agilidade na reparação de perdas e danos, caso ocorra um sinistro.

Para obter mais informações sobre os produtos, basta entrar em contato com um corretor de seguros de confiança e solicitar uma cotação por meio do e-mail: [email protected]

Adailton Dias, Diretor de Seguro Transportes da Yasuda Marítima:

“A Yasuda Marítima já vem conquistando mercado e crescendo acima da média na área de transportes, tanto que nossa carteira teve uma evolução de 14,6% em 2015. Com esses novos produtos, pretendemos atender aos embarcadores e transportadores que têm uma condição bastante específica e estão sujeitos ao viés de mercado, com o qual têm de lidar e buscar parceiros que disponibilizem condições ajustadas à situação que estão lidando no momento”.