Furtos, incêndios e danos elétricos são as principais ocorrências do Seguro Residencial comunicadas durante o Carnaval

Sompo Seguros mostra que, com algumas atitudes preventivas simples, é possível ter mais tranquilidade durante a viagem, além de evitar dores de cabeça na quarta-feira de cinzas

São Paulo, 20 de Fevereiro de 2017 – O Carnaval é marcado por muita movimentação nas estradas brasileiras por pessoas que aproveitam os vários dias de folga para viajar. Porém, ano-a-ano são frequentes as situações em que os turistas são surpreendidos por acontecimentos que provocaram danos em suas casas, apartamentos e até casas de veraneio enquanto estiveram fora. A Sompo Seguros S.A., empresa do Grupo Sompo Holdings – um dos maiores grupos seguradores do mundo – apurou que as principais comunicações de sinistros de Seguro Residencial ocorridos durante o carnaval estão relacionadas a casos de incêndios, danos elétricos ou furtos.

Por conta disso, a Sompo Seguros dá algumas dicas para prevenir essas situações que podem causar sérios transtornos, trazer prejuízo e provocar dores de cabeça na quarta-feira de cinzas.

Feche registros de água de gás encanado – Dessa forma, você garante que, eventuais vazamentos que estavam imperceptíveis (e que você sequer havia notado) em sua saída, não resultem em um prejuízo evidente em sua volta;

Tire aparelhos elétricos da tomada – fogão elétrico, micro-ondas, televisão, aparelhos de som etc. Numa eventual chuva com relâmpagos, isso pode ser o suficiente para queimar os equipamentos. Pior ainda, um fio “meio descascado” ou um aquecimento pode resultar num curto-circuito que pode vir a queimar não só o equipamento, mas tudo o que estiver em volta;

Desligue a energia do portão automático da garagem – Caso você tenha um portão automático, desligue a fonte de energia dele. Há controles universais no mercado que podem acionar os sensores do portão sem muito problema;

Seja discreto – evite comentar com estranhos sobre seus planos. Essa regra também vale para as redes sociais. Caso decida postar fotos de sua viagem, permita a visualização delas apenas para amigos próximos ou pessoas de confiança. Evite deixar essas imagens no conteúdo público;

Tranque bem portas e janelas – além do uso de chaves e cadeados, algumas dicas ajudam a aumentar a proteção. Em janelas e portas que deslizam sobre trilhos, utilize peças de madeira que impeçam seu deslizamento. Pode parecer rudimentar, mas dificulta ainda mais o acesso. Uma atenção especial deve ser dada à cozinha. Tranque as portas intermediárias da casa e isole essa dependência. Os arrombamentos mais frequentes acontecem pelos acessos dos fundos da casa;

Suspenda a entrega de jornais e revistas – pilhas de jornais e revistas em seu quintal, na caixa de correio ou à sua porta dá a clara percepção de que a casa não é frequentada há um tempo. Além de você deixar de receber publicações que não vai ler, as editoras geralmente revertem os números não entregues em outros ao final de sua assinatura;

Alarmes sonoros ou luminosos – caso tenha esse tipo de equipamento instalado, teste-os periodicamente tanto por segurança como para que seus vizinhos de confiança, já avisados previamente, possam reconhecer o som, acionar a polícia, se necessário, e também avisá-lo sobre o que aconteceu;

Amigo do peito – Peça para que um parente ou vizinho de confiança recolha suas correspondências e coloque água nas plantas. Muitas cartas e flores murchas dão a sensação de “abandono” à casa. Não se esqueça de deixar também seus contatos para que seu vizinho de confiança possa acioná-lo em caso de algum imprevisto. Solidariedade, além de aproximar as pessoas, também pode ser um fator de prevenção;

Socorro – tenha a mão os contatos da polícia, do corpo de bombeiros de sua cidade, da seguradora e da Assistência 24 horas para que você possa acioná-los e providenciar o restabelecimento da situação o quanto antes.

Agnaldo Libonati, Diretor de Sinistros da Sompo Seguros:

“A prevenção é sempre a melhor opção. Muitos sinistros poderiam ser evitados com algumas medidas bastante simples. É sempre válido estar atento aos meios disponíveis para evitar roubos ou acidentes. Dessa forma, é possível comemorar o carnaval com mais tranquilidade e segurança”.