Executivos do Grupo Marítima e Yasuda comentam integração em evento da Aconseg-SP

Prestes a completar dois anos de parceria com as assessorias de seguros, o grupo Marítima e Yasuda Seguros participou do almoço promovido pela Aconseg-SP, ontem, 8 de maio, em São Paulo. Os executivos da seguradora destacaram os bons frutos já observados durante esse período de trabalho conjunto.

O presidente da companhia, Francisco Caiuby Vidigal Filho, comentou que um dos exemplos do resultado positivo da parceria com as assessorias e Aconseg-SP é o portal criado especificamente para esse canal. “O advento do portal foi um grande passo que demos para ter a parceria com a Aconseg-SP cada vez mais forte”.

De acordo com ele, a integração com a Yasuda está em andamento, mas alguns processos já são efetivados de maneira incorporada. A partir de junho, as apólices emitidas pela Yasuda, por exemplo, serão garantidas pela Marítima. “Estamos fazendo a incorporação reversa, ou seja, o comprado está incorporando o comprador”.

Com a integração, a companhia passará a ter o nome Yasuda Marítima Seguros S.A. e será uma única seguradora do ponto de vista de negócio.

O atual momento da seguradora também envolve processos de integração de sistemas, departamentos, estrutura física e culturas. Essa fase teve início no ano passado, com o estabelecimento da matriz nas dependências da Yasuda. Já a antiga sede da Marítima, na região central de São Paulo, abrigará a área operacional da companhia.

Na área de sistemas, os produtos de transportes e frotas migrarão para a plataforma Yasuda. Já a área de precificação, especificamente em automóvel, ficará a cargo do sistema Marítima.

Os seguros de ramos elementares, como empresarial, condomínio e residencial manterão a estrutura de produto com precificação da Marítima e sistema da Yasuda. Riscos nomeados e operacionais migrarão para a Yasuda, pela característica mais preparada para atuar nesses riscos. “Pretendemos concluir esse processo de transição até julho do ano que vem”, comentou Kiko.

Luiz Makoto Sakamoto, vice-presidente da seguradora explica que a fusão considera os fatores que cada empresa tem de melhor. Em suma, a união das seguradoras conta com o sistema operacional da Yasuda e os produtos da Marítima, com exceção às carteiras de transporte e frotas.

O presidente da Aconseg-SP, Jorge Teixeira Barbosa, comenta que o encontro propiciou o esclarecimento de dúvidas e resultou em boas informações para as assessorias. “O

Grupo Marítima e Yasuda está em processo de integração. É importante mantermos esse tipo de contato para que possamos nos adaptar às mudanças”.
1905_Cqcs
Fonte: CQCS 09/05/2014