Cobertura ampliada do seu seguro automotivo

Seguradoras oferecem serviços que vão muito além da proteção do carro.
Extras incluem até veterinário

No fim de semana, as bicicletas dominam a paisagem das grandes cidades. São magrelas de todos os tipos, como a elétrica do publicitário Sérgio Couto. Mas o dia ensolarado não terminaria sem um susto. A bike, apesar de novinha, pifou e não saía do lugar.

Couto pegou o celular e ligou para seu seguro de automóvel, um plano da SulAmérica que cobre o seu Honda Civic. Situação explicada, a seguradora deu a boa nova: o plano dá direito ao conserto da bicicleta. E o melhor, sem custos. Um mecânico chegou em 40 minutos e pôs a bike elétrica para andar de novo.

“A mãozinha inesperada da seguradora salvou a minha bicicleta. E o meu sábado”, conta Couto, aliviado.

Histórias inusitadas como esta são cada vez mais comuns. Ao contratar o seguro de automóvel, os clientes continuam atentos às questões básicas, como o preço final e o valor da franquia, mas também estão de olho em “coberturas extras”, como o reparo de bicicletas.

“A competitividade entre as seguradoras hoje é tão grande que elas se diferenciam umas das outras com a oferta de serviços que vão além do universo automotivo”, explica Rogério Soucasaux, diretor técnico do Sincor-RJ (Sindicato dos Corretores do Estado do Rio).

Variedade

Os seguros de carro já têm cobertura para quase tudo, de consertos do freezer e do varal a serviços como o de motorista amigo para a Lei Seca ou até o de consultas para animais de estimação.

Na Porto Seguro, o pacote mais básico oferece reparos hidráulicos e elétricos para casa, além de consertos de geladeira e de computador, sem contar os triviais guincho, atendimento a panes e chaveiro.

“Hoje, cerca de 25% dos nossos segurados usam os serviços residenciais. É uma maneira de fidelizar o cliente”, salienta Marcelo Sebastião, diretor da Porto Seguro.

O auxílio residencial agradou em cheio à arquiteta Rosana Bastos. De mudança para São Paulo, ela fez duas solicitações à seguradora: uma para instalar o olho mágico na porta de casa e outra para o reparo de um chuveiro que pingava. “Tive a segurança de receber em casa um profissional indicado pela seguradora”, diz Rosana.

Benefícios incluem ‘motorista amigo’ para evitar a Lei Seca

Em alguns casos, a confirmação do serviço e o horário da visita técnica chegam pelo celular. Cabe ao cliente apenas pagar pelas peças. A mão de obra já está incluída no valor do seguro de automóvel contratado.

Quase sempre há uma torcida para que o seguro do carro não seja usado. Com serviços adicionais como o residencial, há uma espécie de retorno do valor investido pelo cliente.

“Às vezes, a pessoa não usufrui do seguro contratado. Com a cobertura extra é possível estreitar o laço entre as duas partes e possibilitar que o cliente avalie a seguradora”, explica Adilson Raul Silva, superintendente da Marítima Seguros.

Alguns serviços são curiosos. Um deles, chamado “motorista amigo”, é uma mão na roda para quem saiu de carro e resolveu tomar uma cerveja no caminho.

Trata-se de um serviço que oferece um motorista para levar o carro (e seu dono) em segurança para casa.

FONTE: Diário de S. Paulo

Diario-SP-0410